Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cozinha Verde

A Cozinha Verde, da autoria de Filipa Range, tem como principal missão inspirar os portugueses a adotar hábitos alimentares mais saudáveis, ecológicos e compassivos, através da cozinha vegan.

Qui | 20.02.14

Sumos VS Smoothies

 



O meu mês de detox já está a chegar ao fim, e faço agora um balanço final sobre a experiência.

Primeiro vamos à balança. O meu objetivo com este plano detox de quatro semanas não era emagrecer, mas sim eliminar toxinas. No fundo, queria fazer um restart ao meu organismo. Já tinha o meu peso ideal, pelo que tentei ao longo do mês manter o peso, sabendo no entanto que seria provável que perdesse um ou dois quilos. E foi o que aconteceu.

Optei também por um detox simples, sem grandes privações. Ou seja, não me alimentei única e exclusivamente à base de líquidos, como expliquei aqui. No entanto, os sumos e smoothies são imprescindíveis no processo de desintoxicação do organismo, e é sobre eles que vou falar neste post. E o melhor, é que os podemos fazer com tudo o que tivermos "à mão", evitando desta forma os desperdícios.

E agora, qual a diferença entre um SUMO e um SMOOTHIE? Tudo se resume à forma como o preparamos...


Sumo vs Smoothie

Temos um sumo quando a polpa é extraída do fruto ou vegetal. Neste caso, a fibra não é aproveitada. Isto acontece quando usamos uma centrifugadora (imagem em baixo), cujo depósito vai reter os "restos" dos alimentos utilizados: a fibra.
Usar uma centrifugadora é muito prático. Basta pegarmos no que nos apetecer, colocar dentro da máquina, e...temos sumo! E o melhor é que não é necessário descascarmos os frutos/vegetais de casca menos rija, como maçãs, pêras, pepinos, tomates, entre outros. Esta máquina é ótima também para aqueles frutos/vegetais mais difíceis de triturar e converter num sumo decente. Experimentem colocar beterrabas ou cenouras, por exemplo, e maravilhem-se com a delicadeza do sumo que é feito em 2 segundos, sem necessidade de adicionar água ou outro líquido. Por este motivo, fazer sumos é fantástico, pois podemos facilmente obter todas as vitaminas e minerais dos alimentos, sem qualquer esforço e de forma rápida. Adicionalmente, o nosso corpo absorve os nutrientes com a máxima eficiência. Como o corpo não precisa de digerir a fibra, os nutrientes são assimilados numa questão de minutos.

Centrifugadora


Contrariamente ao sumo, temos um smoothie quando a totalidade do alimento é triturada numa bebida espessa (com mais consistência do que o sumo), usando toda a fruta/vegetal, à exceção da casca e sementes no caso de alguns alimentos. Os smoothies são ótimos na medida que a fibra obtida nos sacia e põe os nossos intestinos a funcionar.

Para os fazer, usamos uma liquidificadora (imagem em baixo). Na grande maioria dos casos, para fazer um smoothie, temos de adicionar algum líquido à liquidificadora, para garantir que os alimentos são bem triturados. Água mineral ou água de côco, sumo de algum fruto (que podemos preparar antecipadamente na centrifugadora) ou leite vegetal são algumas das opções possíveis.

Podemos fazer smoothies puros de fruta, adicionar legumes para uma combinação mais rica ou fazer um batido cremoso, adicionando leite de amêndoas ou de côco, como exemplo.

Liquidificadora



O nosso corpo precisa das vitaminas, minerais e enzimas que os alimentos crus contém.
Se não obtivermos o suficiente na nossa dieta, a nossa reserva torna-se fraca, deixando-nos mais suscetíveis a doenças. É por isso de extrema importância incluir diariamente alimentos crus na nossa dieta. E é aqui que os sumos e smoothies entram, por serem uma forma rápida, prática e saborosa de incluir frutas e vegetais crus na nossa alimentação. Esta é também uma excelente opção para quem não gosta ou não consome com frequência vegetais. Não gosta de brócolos? Junte-os a um sumo ou smoothie com os seus frutos preferidos e algumas ervas aromáticas, e vai ver que nem dá pela sua presença!

Uma nota importante... Podem usar a centrifugadora para fazer sumo de qualquer alimento exceto bananas, mangas, abacate e papaia. Frutos com muito amido devem ser usados na liquidificadora e não na centrifugadora. Para confirmarem, leiam as instruções da vossa máquina, que refere de certeza estas exceções.

Para finalizar, existem também vários superalimentos que pode adicionar aos seus sumos e smoothies para aumentar a ingestão de nutrientes, como a spirulina, clorela, açaí, bagas goji, bagas inca, sementes de chia, sementes de cânhamo, entre outros. Pode encontrar estes superalimentos na Iswari SuperFoods Portugal, ou em lojas especializadas como o Celeiro.

Hoje trago-vos um sumo para experimentarem em casa, que fiz durante este mês de detox.
Para a próxima trago-vos um smoothie, para verem a diferença entre ambos.


Spicy and Aromatic Red Detox Juice



Serve 2 pessoas)
Tempo de preparação: 5 minutos


Ingredientes 
3 Beterrabas
1 Limão
4 Cenouras
1 Maçã
1 Pêra
1 mão cheia de Morangos
1 pedaço de Gengibre fresco
2 talos de Aipo (com folhas)
6 folhas grandes de Alface
Salsa e Coentros, a gosto
Sementes de Chia, a gosto


Preparação:

Descascar as beterrabas, o limão, as cenouras e o pedaço de gengibre.

Triturar todos os ingredientes numa centrifugadora (não é necessário cortar, coloque na máquina os ingredientes inteiros).

No fim, mexer e polvilhar com sementes de chia. Servir de imediato.











3 comentários

Comentar post